A primeira ida ao Pediatra

Com o nascimento do bebê as consultas ao obstetra não acontecem sendo substituídas pelo pediatra. As dúvidas também mudam das perguntas como, O que eu posso comer?  para,  o que o bebê pode comer? Do,  engordei demais ?, para o bebê está engordando o suficiente?. Mas não se preocupe, tudo isso é muito comum nos consultórios pediátricos.\r\n\r\nSegundo a pediatra Mariana Grigolleto, o ideal é que a primeira consulta do bebê ao pediatra ocorra nos primeiros sete dias de vida, mas ressalta se houver dificuldade na amamentação, o bebê deverá ser levado assim que sair da maternidade. “Idealmente, é recomendada a consulta pré-natal pediátrica, ou seja, antes do bebê nascer, ocasião em que os pais terão o primeiro contato com o futuro pediatra e receberão as orientações necessárias para se prepararem para o parto”, complementa.\r\n\r\nÉ sempre bom lembrar, no primeiro ano de vida o bebê deverá ser levado mensalmente ao pediatra ou conforme o seu médico recomendar.\r\n\r\nA escolha de um médico da sua confiança é determinante para garantir um bom acompanhamento do bebê. Mas é sempre bom ter um parâmetro sobre o que acontecerá nas consultas. De acordo com  a dra. Mariana o bebê é avaliado com um todo. “Nas consultas é verificado o calendário vacinal, alimentação, desenvolvimento neuropsicomotor adequado à idade, eliminações (fezes e urina), sono, avaliação de eventuais medicamentos em uso, estado emocional do bebê, dos pais e dos cuidadores, além do exame físico completo, incluindo peso, estatura, perímetro cefálico, pressão arterial e reflexo vermelho (teste do olhinho)”, explica.\r\n\r\nAinda que nas consultas seja avaliada a saúde e o desenvolvimento do bebê e muitas mães aproveitem esses momentos para esclarecer dúvidas, que não são poucas, a pediatra lembra que há algumas recomendações que devem ser dadas a todas as mães:\r\n\r\n-Aleitamento materno exclusivo por 6 meses é a melhor e principal recomendação;\r\n-Leve seu filho ao pediatra regularmente, comparecendo às consultas na periodicidade recomendada\r\npelo seu médico;\r\n-Mantenha sempre as vacinas em dia;\r\n- Utilize no seu filho apenas produtos recomendados pelo seu pediatra;\r\n- Não utilize medicação sem expressa recomendação médica;\r\n- A higiene do bebê deve ser feita com algodão e água. Em seguida, secar bem o local e utilizar os cremes de barreira (preventivos) conforme orientação do seu pediatra;\r\n- As hastes de algodão não devem ser utilizadas na higiene interna dos ouvidos, apenas para secagem da região externa (pavilhão auricular), que podem ser substituídas por uma fralda macia;\r\n- O coto umbilical deve ser higienizado após a troca de fraldas com álcool a 70 %, até sua queda.\r\n- Observar alterações e, em caso de dúvida, consultar seu pediatra para adequada avaliação e orientação.\r\n\r\nA pediatra comenta que é absolutamente comum as mais diversas dúvidas, incertezas e inseguranças das mães, sobretudo, daquelas de primeira viagem. Lembra o caso de uma mãe que foi agoniada ao consultório dizendo sentir muita dificuldade em lembrar qual seio havia oferecido ao bebê por último e contou que andava com um caderninho na bolsa para anotar o último seio ofertado e não repetir a mesma mama, numa próxima consulta a mãe chegou feliz com a solução que havia encontrado: colocar uma pulseirinha no braço correspondente a última mama oferecida ao bebê.\r\n\r\n \r\n\r\n*A Dra. Mariana é pediatra e atende na Clínica Doctor Kids